fbpx
Pular para o conteúdo
Opção Dinheiro

Dicas para aumentar o score do seu CPF

Como aumentar o score do seu CPF

Se você já tentou comprar alguma coisa através de um financiamento e teve seu crédito negado por ter pontuação de score baixo?

Score baixo é o principal motivo da dificuldade na hora de comprar algo através de um financiamento. A pontuação é gerada pelas agências de proteção ao crédito como o SCPC e o Serasa. Quanto mais baixa a pontuação, maiores as chances do consumidor se tornar inadimplente e, consequentemente, mais difícil será para conseguir crédito.

Más é possivel você aumentar o score do seu CPF, fazendo alguns procedimentos.

Abaixo, disponibilizamos nove dicas que podem aumentar o seu score de crédito a longo prazo. Veja:

 

1- Pague suas contas em dia para aumentar o score do seu CPF

Quem não paga as contas em dia acaba tendo sua pontuação diminuida no score. Quanto mais o cliente atrasa os pagamentos, maior é o risco sentido pelos órgãos de proteção ao crédito. Pagar atrasado pode ser um sinal de que a  saúde financeira do consumidor não esteja bem.

O ideal é sempre pagar até a data de vencimento e, se possível, antes. Ao pagar após o vencimento, além de diminuir a sua pontuação, você ainda corre o risco de ter que pagar juros na proxima fatura.

Para evitar que atrase os pagamentos, nossa recomendação é para que peça sempre a fatura online e, se possível, cadastre o pagamento de suas contas e faturas de cartão de crédito em débito automático.

 

2- Limpe o seu histórico de consultas do CPF

As empresas de proteção ao crédito guardam o histórico de consulta dos últimos 90 dias. Toda empresa que, porventura, consultar o seu CPF, será listada, e sempre que alguma outra empresa consultar seu CPF, tambem sera listada.

Quando o consumidor tem muitas consultas de crédito no seu CPF, isso pode significar que ele está desesperadamente atirando para todos os lados e, assim, a pontuação tende a baixar naturalmente. O ideal é não ficar tentando obter crédito a todo momento.

É possível limpar o histórico de consulta do CPF, basta ir até uma agência da Serasa e pedir a limpeza do histórico de consulta do seu CPF. A Serasa guarda esse histórico pela segurança do próprio consumidor, pois ele pode acompanhar tudo o que está acontecendo com o seu CPF, evitando, com isso, que outra pessoa tente utilizar o seu nome.

 

3- Atualize os dados cadastrais na Serasa

As empresas de proteção ao crédito sempre guardam o seu nome, data de nascimento, telefones e endereços. Caso seus dados estejam desatualizados, isso poderá dificultar a concessão de crédito.

Se por acaso você mudou de endereço, vá até uma agência de proteção ao crédito e solicite a ficha de atualização de dados cadastrais. Fazendo isso você manterá seus dados atualizados.

Quando uma empresa consultar seu CPF, verá que o seu telefone e endereço são compatíveis com o que informou para tentar obter crédito, o que aumenta a confiabilidade do cadastro no momento da análise de crédito.

 

4- Cadastrar-se no Cadastro Positivo

O cadastro positivo pode melhorar o histórico de crédito do consumidor. Nele, são listadas todas as contas que o cidadão pagou em dia. Com isso, a pessoa fica com um histórico positivo para ser analisado sempre que alguém consulta o seu CPF.

Na prática, as empresas que consultarem o seu CPF terão informações positivas que podem ajudar na hora da análise de crédito.

 

5- Quitue as dívidas que já caducaram

Aqui Brasil, o tempo máximo que uma dívida pode ficar listada nos órgãos de proteção ao crédito são de cinco anos. Após esse período, as dívidas caducam. Caso tenha alguma dívida que já prescreveu, nossa dica é para que negocie a dívida com o credor.

Infelizmente, as empresas de proteção ao crédito sabem que uma dívida saiu do SCPC ou Serasa porque prescreveu e não porque foi quitada. Isso é levado em conta na hora de fazer o cálculo da pontuação de risco.

Há clientes que mesmo com o nome limpo não conseguem crédito aprovado em nenhum lugar. O culpado é sempre a baixa pontuação no Score de Crédito.

 

6- Tenha conta em vários bancos

Os bancos possuem uma pontuação interna de crédito, quando você abre uma conta em um banco, começa a pontuar no Score Interno da Instituição. Por exemplo, o Banco Santander possui uma pontuação interna para cada correntista. Para o cálculo da pontuação, são levados em conta os recursos que a pessoa possui na conta e se ela consome os produtos do banco (cartão de crédito, títulos de capitalização, CDB, investimentos, etc).

Para ser conhecido por mais de uma instituição bancária é importante ter relacionamento com várias delas.

Dica: Crie contas em Bancos digitais que possuem tarifa zero.

 

7- Fazer compras a prazo

Infelizmente quem compra sempre à vista, não é conhecido pelas empresas de crédito e, consequentemente, não tem a pontuação influenciada pelas compras que faz. Faça compras a prazo ou então à vista, mas usando um cartão de crédito.

Caso não tenha cartão de crédito, use o cartão de débito para aumentar o seu score junto ao banco com o qual deseja conseguir crédito no futuro.

 

8- Use os produtos do banco

Como foi dito no item 6, os bancos possuem uma pontuação interna. Então, consumir os produtos do banco ajuda na pontuação. Dentre os produtos que os bancos costumam levar em conta na hora da pontuação, estão: investimentos; títulos de capitalização; CDB; consórcios; financiamentos; uso de cheque especial; cartão de crédito; seguros e Previdência Privada.

 

9- Nunca use serviços que prometem aumentar o score do seu CPF da noite para o dia

Há várias pessoas e empresas que prometem aumentar o seu score de crédito do dia para a noite. Algumas empresas até podem conseguir esse feito, mas a maioria acaba sendo um golpe.

É muito difícil enganar o sistema de proteção de crédito, pois ele possui o controle de todas as operações de crédito que o cliente realiza. Além disso, o score é atualizado periodicamente.

Existem sim guias muito úteis e efetivos que ensinam passo a passo em como aumentar seu score (clique aqui se quiser conhecer o guia), mas tenha consciência que o score não aumentará da noite para o dia.

 

VEJA TAMBEM: Caso queira saber como você mesmo pode consultar o seu CPF, Clique Aqui!!